Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Politica Brasil
Segunda - 24 de Março de 2008 às 05:32

    Imprimir


Numa situação no mínimo inusitada, o ajudante-de-ordens do governador Blairo Maggi, o major Eumar Novacki, que até recentemente era capitão da Polícia Militar, pode assumir o comando da Casa Civil em substituição do deputado estadual João Malheiros, que deve retornar à Assembléia Legislativa em abril.

A confirmação de Novacki, que divide a chefia de Gabinete da Governadoria com o tenente-coronel Maia, pode ser feita a qualquer momento pelo chefe do Executivo Estadual. Novacki já vem sendo cogitado a assumir uma pasta na administração estadual há algum tempo. Em princípio, deveria assumir a Secretaria de Justiça e Segurança Pública, Sejusp, mas o governador preferiu indicar o delegado federal Diógenes Curado para o lugar de Carlos Brito, que deixou o cargo desgastado por denúncias de irregularidades.

O retorno de Malheiros à Assembléia Legislativa já era esperado, porque ele não escondia a insatisfação com o esvaziamento da Casa Civil. Aliás, a pasta da Casa Civil nunca foi tão desprestigiada como no atual governo em termos de servir ao Gabinete da Governadoria.

Mesmo assim, o governador espera uma transição tranqüila, muito embora existem vozes contra à nomeaçção de Novacki para a Casa Civil, assim como existiram na ocasião em que ele foi cotado para a Sejust.

Malheiros deixa o cargo para se defender da denúncia de que teria contratado um caseiro quando era presidente da Câmara Municipal de Cuiabá, além de ter aberto empresas em nome de laranjas.

O deputado, segundo fontes, já teria apresentado documentos ao governador, mas mesmo assim confirmou seu retorno à AL. Na semana passada, durante um almoço com o deputado Mauro Savi, líder do governo na Assembléia Legislativa.





Fonte: Olhar Direto

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/183372/visualizar/