Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Policia MT
Sábado - 25 de Maio de 2013 às 07:44

    Imprimir


O Ministério Público Estadual denunciou (acusou formalmente) os três suspeitos do assassinato do magarefe Alessandro Silva dos Santos, de 21 anos, executado a golpes de faca no Jardim das Aroeiras em Nova Mutum (cidade a 350 quilômetros da Capital). 

O crime, ocorrido no dia 9 de abril, foi encomendado pela adolescente de 16 anos com o qual a vítima tinha um caso. As investigações apontam que a garota pagou R$ 280 além de 25 gramas de pasta-base de cocaína para um dos pistoleiros. 

Os dois denunciados - Luiz Mario de Oliveiras, 21 anos, e Tiago da Silva Leal, 23 anos -, tiveram a prisão preventiva decretada pela juíza da 1ª Vara Criminal Helícia Vitti Lourenço, que aceitou a denúncia do MPE. O crime teve a participação também de dois adolescentes. 

Um dos garotos foi o intermediário – levou a proposta da garota para os pistoleiros. As investigações mostram que no dia do crime, para não errar o alvo, os envolvidos trocaram mensagens via celular. As informações foram repassadas aos pistoleiros sobre onde a vítima estaria. Com isso, não errariam o alvo. 

Alessandro foi assassinado no dia 9 de abril na quitinete onde morava. Ele foi atingido por três golpes de faca, que acertaram o tórax, costela e pescoço. 

Seu corpo foi encontrado por familiares. O recinto estava todo revirado, indicando que vítima e os criminosos podem ter lutado. Uma faca, com manchas de sangue, foi encontrada no local. O jovem trabalhava num frigorífico da cidade. 





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/19091/visualizar/