Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Policia MT
Quinta - 23 de Maio de 2013 às 17:18
Por: Renê Dióz

    Imprimir


A Justiça adiou para a próxima terça-feira (28) a acareação entre os cinco acusados pela morte da empresária Ângela Cristina Peixoto, de 32 anos, em novembro de 2011. O procedimento estava marcado para a tarde desta quinta-feira (23), mas foi remarcado devido ao não comparecimento de um dos advogados de defesa, que teria passado mal e comunicou o mau súbito à 1ª Vara Especializada contra Violência Doméstica da capital.


 
A acareação foi solicitada por advogados de defesa de parte dos acusados durante a última audiência de instrução do processo de homicídio triplamente qualificado, realizada no dia 10, quando o corretor de imóveis e seguros Eduardo Bezerra do Nascimento, de 28 anos, confessou que recebeu um netbook como recompensa por dar suporte à dupla acusada de executar a empresária a mando do próprio marido.
 


O procedimento remarcado para terça-feira confrontará as versões de Eduardo, do marido da vítima e dos demais três acusados. Membros da família da vítima, que se deslocaram para o Fórum da Capital na tarde desta quinta-feira na expectativa de que o caso avançasse mais um passo para a conclusão, mostraram-se frustrados com mais uma audiência adiada na instrução do processo, como reclamou a mãe de Ângela, Maria do Bom Despacho.


 
Segundo o assistente da acusação, advogado Luciano Augusto Neves, a acareação na semana que vem será um oportunidade de tornar ainda mais robusto o conjunto de provas colhido no caso, pois esta será a primeira vez em que o suposto mandante e principal acusado da morte de Ângela, seu marido (que encontra-se preso assim como os demais acusados), falará no processo sendo confrontado por outras versões dos demais acusados.


 
A morte de Ângela gerou repercussão no final de 2011 em Cuiabá devido aos requintes de crueldade do crime. Ela foi assassinada em casa, onde foi surpreendida por dois homens que invadiram o recinto, amarram-na e desferiram golpes de faca ao longo do corpo, sem chance de defesa.




Fonte: Do G1 MT

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/19258/visualizar/