Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Nacional
Sábado - 08 de Dezembro de 2007 às 14:37

    Imprimir


A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Ellen Gracie, criticou hoje as instituições que não conseguiram proteger a menor de 16 anos presa com 20 homens em Abaetetuba, no interior do Pará. "Neste caso várias instituições não funcionaram. É realmente um caso teratológico. Um caso extremo, que esperamos nunca mais venha a se repetir", afirmou a ministra, na abertura da solenidade do Dia da Justiça, em Brasília.

Segundo ela, o Judiciário do Pará implementará um banco de dados sobre a população carcerária no Estado para que os juízes possam ter informações online sobre a situação dos presos. "Isso poderá evitar outros fatos semelhantes no futuro", afirmou a ministra. Ela afirmou ainda que Corregedoria da Justiça está apurando os fatos e foi determinada a abertura de processo administrativo para apurar responsabilidades. As informações são da Agência Brasil.





Fonte: AE

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/195049/visualizar/