Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Esportes
Terça - 21 de Agosto de 2007 às 08:24

    Imprimir


O Corinthians foi absolvido no julgamento desta segunda-feira à noite no Superior Tribunal de Justiça Desportiva pela invasão de um torcedor da equipe na partida contra o Atlético-PR, no dia 1º de agosto, em Curitiba.

O auditor-relator do processo, Henrique César Domenici, votou pela absolvição da equipe, decisão que foi seguida por todos os auditores.

Assim, o Corinthians escapou de uma possível punição. O clube havia sido denunciado no Art. 213 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva e poderia perder o mando de campo por até dez partidas no Campeonato Brasileiro e ainda pagar multa de R$ 200 mil.

A absolvição da equipe era até esperada, já que, no dia do incidente, o então gerente de futebol do clube, Ilton José da Costa, foi até uma delegacia em Curitiba e registrou boletim de ocorrência contra o torcedor.

O volante Bruno Octávio também foi absolvido no julgamento desta segunda por unanimidade. O jogador, que foi expulso no jogo contra o Flamengo, no dia 29 de julho, havia sido enquadrado no Art. 250 do CBJD.

Apesar da absolvição, o jogador desfalca o Corinthians na partida contra o Cruzeiro, neste sábado, no Pacaembu, pois recebeu o terceiro cartão amarelo no domingo, no empate com o Juventude, em Caxias do Sul, e terá que cumprir suspensão automática.

Antes disso, no entanto, o volante fica à disposição do técnico Paulo César Carpegiani para o jogo contra o Botafogo, quarta, pela Copa Sul-Americana.





Fonte: Folha Online

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/210716/visualizar/