Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Politica Brasil
Quarta - 27 de Junho de 2007 às 16:55

    Imprimir


Atuando como bombeiro, o presidente da provisória regional do PDT, deputado Otaviano Pivetta, apagou incêndio às vésperas da eleição para o diretório de Cuiabá. Ele reuniu o grupo do radialista Mário Márcio Torres e correntes opositoras e conseguiu convergi-los à unidade. Agora, Mário Márcio concorrerá com chapa única à presidência do diretório da Capital. A eleição está marcada para sábado (20), das 9h às 11h.

O advogado Ricardo Siqueira, ex-secretário da extinta pasta de Defesa e Cidadania de Cuiabá, saiu derrotado. Ele ensaiava candidatura de oposição. Chegou a acionar o regional para anular o congresso marcado para sábado, sob argumento de que se tratava de uma manobra de última hora de Mário Márcio para dificultar articulação de alguma chapa opositora. Isolado, Siqueira desistiu. O caminho ficou livre para o radicalista conduzir o eterno partido de Leonel Brizola, falecido em 2004.

Mário Márcio é militante histórico do PDT. Conduziu a legenda no Estado por mais de três décadas. Nesse período concorreu, sem êxito, a vários cargos eletivos, entre eles de vice-prefeito de Cuiabá e de senador. Hoje, o presidente regional é o deputado Pivetta. Mesmo assim, Mário não perdeu o trono na condução partidária. Atual dirigente da comissão provisória, ele será será aclamado, no sábado, novo presidente do partido em Cuiabá, onde não conta com um vereador filiado.





Fonte: RD News

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/219477/visualizar/