Repórter News - www.reporternews.com.br
Politica MT
Domingo - 14 de Abril de 2013 às 15:57

    Imprimir


O governo de Mato Grosso irá viabilizar o cascalhamento e a elevação da MT-322 no trecho de 84 km que corta a área indígena do Parque Nacional do Xingu. A decisão foi tomada sexta-feira (12) entre o governador Silval Barbosa e caciques representantes de etnias do Xingu, durante assembleia realizada na Aldeia Piaraçu, terra Capoto Jarina. 



A melhoria da MT 322 – antiga BR-080 – faz parte do projeto MT Integrado, que vai facilitar o acesso a 44 municípios mato-grossenses com a pavimentação de rodovias estaduais. O único trecho sem asfalto será o que corta o Parque Nacional do Xingu, a pedido do povo indígena. 



Em seu discurso, o cacique Raoni Metuktire afirmou que a decisão de não asfaltar o trecho aconteceu depois de muito diálogo com representantes das etnias locais, os quais defendem que uma rodovia asfaltada dentro do parque poderia intensificar o tráfego e as altas velocidades. “Foi um diálogo longo. O asfalto traz movimento e nós nos preocupamos com as crianças e com os animais. Por isso pedimos que o asfalto chegue apenas até os limites do parque e que o restante da rodovia seja cascalhado”, defendeu. 



Segundo o governador Silval Barbosa, entre os municípios de Matupá e São José do Xingu serão asfaltados aproximadamente 200 km, exceto dentro do parque. Mas o diálogo não se encerra por aqui, uma cópia do projeto da rodovia também será encaminhada aos representantes indígenas para que possam compreender melhor os detalhes da obra. (Com Assessoria) 





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/22729/visualizar/