Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Politica Brasil
Quarta - 18 de Abril de 2007 às 09:55

    Imprimir


Pesquisa Mark realizada em seis cidades-pólos entre fevereiro e este mês revela que quatro prefeitos apresentam desempenho administrativo pífio. A maior reprovação recai sobre o comunista Zózimo Chaparral, de Barra do Garças, com 82,3%. Em seguida vem Murilo Domingos (PR), de Várzea Grande, com 77%, e o cacerense Ricardo Henry (PP), que detém 55,9% de pontuação negativa. Em Tangará da Serra, a gestão do prefeito Júlio Cesar Ladeia (PR) é reprovada por 49,8% - confira no quadro ao lado.

Somente dois gestores dos municípios pesquisados contam com aprovação acima de 50%: Wilson Santos (PSDB), em Cuiabá, com 62,4% e, Adilton Sachetti (PR), em Rondonópolis, com 58,8%. Todos os seis prefeitos (Chaparral, Murilo, Henry, Ladeia, Santos e Sachetti) estão no primeiro mandato.

A Mark Instituto de Pesquisa e Opinião, do empresário Marco Polo de Freitas, o Popo, vem realizando amostragens nas cidades-pólos para detectar junto à população como está o desempenho dos prefeitos e mostrar quem são os nomes preferidos para a sucessão de 2008.

A primeira rodada de pesquisas deste ano foi feita em Cuiabá entre 24 e 26 de fevereiro. A administração do prefeito tucano Wilson Santos apresentou uma aprovação de 62,4% e uma avaliação negativa de 33,9%. A gestão Santos é ótima na opinião de 5,6%, enquanto 28,3% disseram que está boa e 28,5% entendem que está regular positivo. Já 6,9% consideram o governo tucano regular negativo, 9,7% concluíram que está ruim e, 17,3% foram categórico em considerá-lo péssimo.

Em Rondonópolis, apesar do prefeito Adilton Sachetti apresentar dificuldade de reeleição se a disputa fosse hoje, sua administração conta com avaliação positiva de 58,8% e, negativa, de 38,9%, conforme pesquisa Mark feita nos dias 13 e 14 de março. Para 24%, Sachetti está fazendo um bom governo, enquanto 12,4% entendem que está ótimo e, 22,4%, regular positivo. Nove por cento consideram a administração regular negativo, 18,2% péssimo e 11,6% ruim.

Dos seis prefeitos, Chaparral lidera em reprovação popular, com 82,3%. Dos entrevistados nos dias 9 e 10 desde mês, 66,4% disseram que o comunista está tendo uma péssima gestão, enquanto 13,2% avaliaram-na como ruim e, 2,7% entendem que está regular positivo. Somente 12,7% aprovam o governo Chaparral, sendo 1,8% de ótimo, 3,6% de bom e 7,3% de regular positivo.

A administração de Júlio Ladeia também está "mal das pernas", revela a Mark, a partir do trabalho de campo realizado em 25 de março. O ex-liberal e agora democrata tem uma administração rejeitada por 49,8% - resultado da soma de regular negativo (10,9%), ruim (13,1%) e péssimo (25,8%). A aprovação do governo Ladeia chega a 45,7%, sendo 1,8% de ótimo, 18,6% de bom e 25,3% de regular positivo.

Em Várzea Grande, 77% da população não aprova a administração Murilo Domingos, segundo a pesquisa dos dias 10 e 11 do mês passado. Dezenove por cento disseram que o prefeito está ruim, 6,6% avaliam-no como regular negativo e, 51,4%, como péssimo. A aprovação atinge apenas a 22,4%, sendo 1,7% como ótimo, 8,3% como bom e 12,4% como regular positivo.

Os cacerenses também rejeitam a gestão Ricardo Henry. Na amostragem de 25 de março, a administração apareceu com 55,9% de reprovação - resultado de 31,4% de péssimo, 16% de ruim e 8,5% de regular negativo. Por outro lado, 43% disseram que aprovam o governo Henry. Destes, 6,8% apontaram-no como ótimo, 18,1% como bom e, o mesmo percentual, como regular positivo.





Fonte: RD News

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/231796/visualizar/