Repórter News - www.reporternews.com.br
Esportes
Quarta - 28 de Junho de 2006 às 19:30

    Imprimir


Em entrevista coletiva concedida agora há pouco, depois do treino da seleção brasileira, o atacante Robinho, que voltou hoje às atividades físicas, disse não ter sentido qualquer problema relacionado à contusão muscular na coxa direita que o afastou do confronto contra Gana.

"Graças a Deus, não senti nada. Não forcei muito, mas não senti. Vou continuar tratando até sábado, com piscina, tudo normal, mas, amanhã, acho que já vou treinar com o grupo todo", afirmou o atacante.

Robinho declarou ainda que acredita estar em plenas condições para o jogo contra a França, no próximo sábado, em Frankfurt, e que não haverá problema se for relacionado apenas para o banco de reservas pelo técnico Carlos Alberto Parreira, já que "independente do jogador, o importante é seguir vencendo".

Sobre sua reação quando sentiu a contusão, Robinho disse que, num primeiro momento, ficou preocupado. "Logo que senti, fiquei com medo porque foi minha primeira contusão, nunca tinha sentido nada. Mas logo o doutor me tranqüilizou, explicando o que eu tinha e que não era nada grave."

Apesar de novato em contusões, o atacante se mostrou consciente de que sua volta não pode ser antecipada. "A gente fica ansioso para voltar, gosta de jogar sempre, mas tem que ter calma. Não posso [por exemplo] ficar chutando bola no gol, porque estou voltando", continuou.

Por fim, Robinho falou sobre os problemas de Kaká e Emerson, que, com dores no joelho direito, também estão no departamento médico da seleção, e se mostrou mais preocupado com o volante. "Sobre o Emerson, fiquei triste. Com o Kaká não é nada sério e ele deve estar jogando no sábado."





Fonte: Folha Online

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/291947/visualizar/