Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Esportes
Quinta - 05 de Janeiro de 2006 às 21:20

    Imprimir


O atacante Nonato, 12º maior artilheiro da história do Bahia (102 gols), voltou a treinar no clube, mas os torcedores podem perder a esperança de contar com o jogador nesta temporada.

"Gostaria até de ficar, mas sei que o clube não tem condições de, no momento, arcar com meus salários. Tenho um carinho enorme pelo Bahia, foi aqui que me criei. É a quem devo tudo que conquistei. Seria uma honra voltar a vestir essa camisa. Jogar a terceira divisão, pelo Bahia, para mim, não é nenhuma vergonha", disse o jogador, que quer se condicionar fisicamente no clube. Nonato estuda propostas para jogar no futebol brasileiro.

"Quero voltar. Já foram dois anos no exterior. Uma grande experiência, amadureci, mas fiquei meio sumido. Quero voltar a fazer sucesso num time do Brasil", disse. Goiás, Juventude e Ponte Preta, além do Flamengo, já sondaram o atacante, segundo o próprio Nonato.

"Cheguei a acertar tudo com o Flamengo, mas o treinador (Waldir Espinosa) não autorizou o negócio. Paciência. Vou trabalhar para poder achar outra oportunidade e seguir a minha carreira". Enquanto Nonato treina, o técnico Luís Carlos Cruz prepara a equipe para a estréia no Campeonato Estadual, contra o Itabuna, no próximo final de semana.

"Gostei das mudanças que fiz nos treinamentos e vou analisar aquelas que podem ser efetuadas. Podemos ter um time mais cauteloso e outro mais ousado. Depende da análise que faremos do adversário também. Só posso dizer que a disputa pela titularidade está aberta, acirrada e qualificada", disse o técnico, que só não abre mão de utilizar o 3-5-2, esquema que não foi alterado apesar das mudanças no treino.

O time titular tem treinado com Márcio; Jota, Carlinhos e Jaílson; Chiquinho, Baiano, Rodrigo e Alexandre Salles; Rivaldo e Rony.





Fonte: Terra

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/327155/visualizar/