Repórter News - www.reporternews.com.br
Internacional
Segunda - 28 de Fevereiro de 2005 às 13:30

    Imprimir


O primeiro-ministro britânico, Tony Blair, condenou o "terrível" atentado ocorrido nesta segunda-feira em Hilla, ao sul de Bagdá, onde morreram mais de cem pessoas, o mais grave depois da invasão em 2003 do Iraque.

"A única coisa que as pessoas civilizadas podem sentir é repulsão em relação os terroristas que podem matar iraquianos inocentes que só querem ajudar a construir uma democracia nova e uma sociedade melhor", afirmou Blair.

O chefe do Executivo britânico insistiu em que "estamos decididos a ajudar o governo iraquiano e as forças de segurança para levar esses terroristas à justiça".

Finalmente, o "premier" transmitiu suas condolências "àss famílias e amigos dos que morreram" no atentado do Iraque.





Fonte: EFE

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/356492/visualizar/