Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Agronegócios
Domingo - 26 de Setembro de 2004 às 14:42

    Imprimir


O diretor do Departamento de Economia Agrícola do Ministério da Agricultura, Edílson Guimarães, participa amanhã (27), em Montevidéu (Uruguai), do seminário “Competitividade das Cadeias Agroindustriais no Mercosul Ampliado”. O seminário, promovido pelo Fundo das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO), começa às 9 horas, no Edifício Mercosur.

A pauta prevê a discussão de novas políticas e projetos de investimento para melhorar a competitividade das cadeias produtivas de carne bovina, de oleaginosas e óleos vegetais e da indústria têxtil e do algodão no Brasil, Argentina, Paraguai, Uruguai, Chile e Bolívia. Participa do encontro o ministro da Agricultura, Pecuária e Pesca do Uruguai, Martin Aguirrezabala, para debater os desafios do aprofundamento das relações entre os países membros e as políticas públicas no Mercosul.

O representante brasileiro apresentará as políticas adotadas pelo país nas três cadeias agroindustriais. Os participantes do seminário apresentarão os indicadores e padrões de competitividade nas três cadeias, os principais instrumentos de políticas públicas e as ameaças e oportunidades de desenvolvimento competitivo.

Ao final dos diagnósticos setoriais, será traçado o perfil de projetos de investimento regional em três áreas: cooperação e implementação de equivalências nos planos de rastreabilidade da cadeia bovina; diversificação da produção de oleaginosas, com um estudo específico para a produção de biodiesel no Brasil; e desenvolvimento da cotonicultura familiar para a cadeia têxtil.

No segundo dia (28) do seminário, os representantes dos países do bloco debaterão com o setor privado as soluções e propostas para cada uma das três cadeias agroindustriais. O consultor Reginaldo Arcuri fará uma palestra sobre o Fórum de Competitividade do Mercosul e as possibilidades de inclusão dessas cadeias nas discussões do órgão. Graciela Bonomelli falará sobre a competitividade e os acordos comerciais como uma proposta de capacitação e atualização dos conhecimentos em comércio agrícola internacional da FAO.




Fonte: Agência Brasil

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/373988/visualizar/