Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Meio Ambiente
Segunda - 09 de Agosto de 2004 às 08:12
Por: Maria Helena Benedet Barbuio

    Imprimir


Comparar as fotos de satélites tiradas em 2003 com as fotos tiradas em 2004 e verificar as autorizações liberadas para desmatamento. Esta é uma das formas que a Fema (Fundação Estadual do Meio Ambiente) está utilizando para combater o desmatamento ilegal em Mato Grosso. Equipes da fundação estão percorrendo todo o Estado e indo direto nas áreas onde foi constatado, por satélite, que a derrubada foi maior que a autorizada através da LAU (Licença Ambiental Única).

As operações tiveram início em junho e desde a semana passada, fiscais da fundação estão na região de Sinop percorrendo as propriedades que derrubaram acima do permitido. Além de municípios da região como Sorriso, Feliz Natal, Vera, Nova Mutum, Tapurah, Santa Carmem e outros, os fiscais também estão percorrendo as regiões de Alta Floresta, Guarantã do Norte, Apiacás e outras cidades do extremo Norte.

Muitos proprietários que tentaram driblar a lei estão sendo punidos. “Não sei quantos mas muitos donos de terras que desmataram além do que foi permitido foram autuados”, assegurou, ao Só Notícias, Marcos Ivan Lopes, supervisor Regional do órgão em Sinop. “Só a Regional de Sinop durante um trabalho, aplicamos 8 notificações”, garantiu. Marcos não soube informar o valor total das multas aplicadas até agora já que o setor jurídico da Fema, em Cuiabá, é quem decide o valor -baseado na lei- a ser pago conforme o tamanho do crime ambiental.

O supervisor disse que os trabalhos estão chegando ao fim e nos próximos dias a Fema deverá apresentar um balanço do que foi desmatado além da conta e o que foi aplicado em multa.




Fonte: Só Notícias

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/376901/visualizar/