Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Cultura
Quinta - 22 de Abril de 2004 às 11:48
Por: Marilu Ribeiro

    Imprimir


O governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Cultura, lança nessa sexta-feira (23.04), às 20h, no Salão Social do Sesc Arsenal, pela editora Entrelinhas, o livro "O cotidiano dos viajantes nos caminhos fluviais de Mato Grosso 1870-1930". Esse título de autoria da professora cuiabana Edil Pedroso da Silva contou com o apoio da Lei de Incentivo à Cultura, cuja aprovação teve a assinatura dos membros do CEC (Conselho Estadual de Cultura).

A ocupação das terras que hoje constitui o Estado de Mato Grosso ocorreu através dos rios. A professora Edil Pedroso da Silva, por meio da obra, enfoca os caminhos navegáveis da bacia hidrográfica do Alto rio Paraguai, permitindo que os bandeirantes paulistas desvendassem, no início do século XVIII, o território bororo, formando os núcleos populacionais de uma ocupação ‘branca’ nessa parte do centro-sul americano.

Esse trabalho é resultado de afinidade com a hidrografia do Estado, uma vez que faz parte do universo cultural da autora e serviu como elemento fundamental no curso de mestrado, cujo produto final resultou nessa importante relato formatado em três painéis: "O caminho das Águas", "O lugar do cotidiano" e "o dia-a-dia nas embarcações".

Assim, a partir dessas reflexões é que se fez uma viagem nos caminhos fluviais de Mato Grosso, com a intenção de atender aos objetivos propostos em cada capítulo, e reconstruir o cotidiano dos passageiros e tripulantes nessa longa travessia.

AUTORA - Edil Pedroso da Silva é nascida em Cuiabá, mestre em História pelo programa de pós-graduação do Departamento de História da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), professora da rede estadual de educação e exerce atualmente o cargo de Superintendente de Gestão Escolar na Secretaria de Estado de Educação (Seduc).




Fonte: Redação/Secom - MT

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/385274/visualizar/