Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Esportes
Terça - 20 de Abril de 2004 às 10:42

    Imprimir


O ex-jogador argentino Diego Maradona já não está mais precisando da ajuda de aparelhos para respirar. A informação foi dada nesta manhã por Claudia Villafañe, ex-mulher do astro, e deverá ser confirmada oficialmente às 13h30 (de Brasília), quando um novo boletim será divulgado.

O argentino chegou à Clínica Suíço-Argentina no domingo com sérias dificuldades respiratórias, e agora as atenções estão voltadas para a infecção pulmonar.

Desde ontem, porém, os médicos vêm demonstrando confiança na recuperação do ex-camisa 10. Na edição desta terça-feira, inclusive, o diário local Olé trouxe a declaração de um médico (não identificado), que está cuidando do caso. Segundo ele, "Maradona não tem mais risco de morrer".

O médico particular do ídolo argentino, Alfredo Cahe, já tinha demonstrado otimismo ontem. "Percebi um claro progresso e estamos um pouco mais aliviados."

Maradona foi internado às pressas no domingo depois de assistir, no estádio, ao jogo entre Boca Juniors, seu time de coração e o Nueva Chicago. O primeiro diagnóstico apontava um quadro hipertensivo e uma crise cardíaca, com uma dilatação do coração, o que impossibilitava o ex-jogador de respirar sozinho.

A equipe médica que o acompanha o caso diz que apenas amanhã, quando será completado o prazo de 72 horas, é que poderá dar um parecer completo.




Fonte: Terra Argentina

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/385476/visualizar/