Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Politica MT
Quinta - 03 de Abril de 2014 às 12:49
Por: Ronaldo Pacheco/Priscilla Silva

    Imprimir


A Comissão de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara da Câmara Municipal de Cuiabá apresentou relatório defendendo a cassação do vereador João Emanuel (PSD) na manhã desta quinta-feira (03). O grupo acaba de apresentar o relatório em plenário. O documento deverá ser encaminhado para a Comissão de Constituição e Justiça da Casa de Leis que deverá avaliar juridicamente o relatório.

O relatório foi apresentado pelo presidente da Comissão de Ética, Toninho de Souza que apresentou a decisão do grupo na tribuna. Segundo ele, João quebrou o decoro parlamentar ao se referir que a Câmara de Cuiabá é uma verdadeira ‘Casa dos Artistas’. O João Emanuel também é indiciado por incentivar empresaria a fraudar licitação da câmara. 

Dos três vereadores que compõem a comissão apenas Ósseas Machado defendeu que a câmara se posicionasse sobre o caso depois de o processo na Justiça fosse transitado e julgado. O pedido pela cassação do parlamentar foi fundamentada no artigo 20 da casa combinado com o artigo 7 do decreto de lei 211 de 1967. 

João Emanuel entregou à Comissão de Ética um vídeo que no entendimento da defesa o 'inocentava'. O advogado Eduardo Mahon, responsável pela defesa do vereador do PSD, argumenta que na gravação é possível ouvir a voz de uma mulher e de pelo menos outras duas pessoas. Nenhum rosto aparece. 





Fonte: Olhar Direto

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/392526/visualizar/