Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Copa 2014
Quarta - 21 de Maio de 2014 às 07:43

    Imprimir


DINALTE OLIVEIRA/DC
Secretário da Fifa, Jérôme Valcke, esteve ontem dialogando com diretores da Secopa a portas fechadas
Secretário da Fifa, Jérôme Valcke, esteve ontem dialogando com diretores da Secopa a portas fechadas

O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valke, esteve em Cuiabá na tarde de ontem e participou de uma reunião de portas fechadas com a Secretaria Extraordinária da Copa (Secopa) e Comitê Organizador Local (COL). A conversa aconteceu um dia antes da entrega da Arena Pantanal à Fifa, que segundo o cronograma, acontece hoje.

De acordo com uma fonte do Diário, Valke caminhou por todos os setores do estádio, além do gramado. Depois, cerca de 40 pessoas participaram de uma reunião. Há, entretanto, um ar de mistério por parte da Secopa em confirmar o encontro, bem como os assuntos debatidos. A visita do dirigente não foi sequer anunciada à imprensa.

Sabe-se que alguns funcionários que prestavam serviço para a Secopa já estão à disposição da Fifa, como os engenheiros, que já montaram um escritório na parte inferior da Arena Pantanal.

O período de exclusividade equivale a 21 dias antes do início dos jogos na cidade-sede. A primeira arena a ser entregue à Fifa foi o Itaquerão, do Corinthians. Para hoje está previsto as entregas para a entidade das arenas Pantanal, das Dunas, em Natal e Fonte Nova, em Fortaleza. Amanhã (22), será a vez de receber o Maracanã, Mineirão, Mané Garrincha, Castelão e Beira-Rio.

No dia 23 do mês passado, Valcke esteve na Arena Pantanal e exigiu que todos os assentos fossem instalados até o dia 05 de maio, o que não aconteceu. Os assentos do estádio ainda precisavam ser finalizados no último domingo, mas segundo o Portal da Copa, do Governo Federal, a Arena já conta com 100% dos assentos.

A construção da Arena começou ainda em 2010. A conclusão estava prevista para o final de 2013. O Consórcio Santa Bárbara e Mendes Júnior, responsável pela obra, informou que já concluiu seus trabalhos no local, mas lembrou que alguns funcionários ainda estão por lá dando os últimos retoques.

Vale ressaltar que a Arena é a única obra da Matriz de Responsabilidade do Governo que está sendo entregue. Nela consta também os Centro Oficiais de Treinamento (COTs), que ainda estão em obras e o Aeroporto Marechal Rondon, que só será concluído após o mundial, e funcionará com a estrutura incompleta.

Há 10 dias, os trabalhos na parte elétrica do estádio estavam interditados pelo Ministério do Trabalho e Emprego. A determinação aconteceu após a morte de um operário. Esse foi o único caso de acidente fatal na obra em Cuiabá.

FICHA TÉCNICA - A área externa do estádio é de 300 mil m², com a capacidade de 41.390 lugares. Os 97 camarotes abrigam até 1.624 pessoas. Na começo da semana, foi apresentado o plano de transporte durante o mundial, 11 linhas de ônibus especiais vão levar o torcedor de diversos pontos da cidade direto à Arena.

O Diário entrou em contato com o COL e com a Secopa, mas ambos não se manifestaram sobre a visita de Valke, que foi ofuscada pela quinta fase da operação Ararath, comandada pela Polícia Federal. 





Fonte: Do DC

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/395420/visualizar/