Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Copa 2014
Quarta - 25 de Junho de 2014 às 19:51

    Imprimir


O secretário extraordinário da Copa do Mundo de 2014, Maurício Guimarães, negou nesta quarta-feira (25) que a capacidade da Arena Pantanal seja reduzida após o fim do Mundial. Segundo reportagem da ESPN, o local ficaria com apenas 20 mil lugares. O modelo de concessão está sendo estudado pela Secopa.


De acordo com reportagem da ESPN, a Arena Pantanal sofreria uma redução e a capacidade cairia para 20 mil lugares. Para isso as arquibancadas superiores dos setores Sul e Norte seriam retiradas. Porém, após a entrevista coletiva com o governador Silval Barbosa (PMDB), o secretário negou categoricamente a matéria publicada: “Não existe isso de redução na Arena. Isso não é verdade, a capacidade continuará a mesma”.


(Foto: Danilo Bezerra - Olhar Direto)

Maurício disse que a Secopa não irá estabelecer um prazo para que a concessão seja feita: “Não vamos estabelecer uma data para finalizar o certame. O que podemos dizer é que até a próxima semana ele já estará sendo feito”. Ele ainda disse desconhecer as informações de que o ex-presidente do Corinthians, Andrés Sanchez e o ex-jogador e empresário Ronaldo Nazário estariam interessados em administrar o local: “Não sei sobre isso, mas é sinal de que nosso produto é bom e desperta grande interesse”.

O governador Silval Barbosa confirmou que o Estado está negociando com clubes da Série A do Campeonato Brasileiro para mandarem partidas na cidade após o fim da Copa do Mundo. O Olhar Copa noticiou há alguns dias que a capital mato-grossense poderá receber até cinco partidas da primeira divisão do campeonato nacional.

“Esperamos que depois deste período de Copa do Mundo e com o sucesso que o evento foi, os empresários comecem a olhar para o futebol regional e invistam nas equipes. Se isso acontecer, em breve teremos um ou dois clubes na Série A do Campeonato Brasileiro e não precisaremos ir em busca de outros jogos”, explicou Silval.





Fonte: Olhar Copa

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/397769/visualizar/