Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Politica Brasil
Segunda - 29 de Março de 2021 às 14:27
Por: Terra

    Imprimir


O ministro da Defesa, o gerenal Fernando Azevedo e Silva, pediu demissão ao presidente Jair Bolsonaro na tarde desta segunda-feira. É o segundo ministro que renuncia ao governo no mesmo dia. Mais cedo, quem entregou o cargo foi Ernesto Araújo, ministro das Relações Exteriores.

Ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, durante entrevista coletiva em Brasília 24/08/2019 REUTERS/Adriano Machado

Ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, durante entrevista coletiva em Brasília 24/08/2019 REUTERS/Adriano Machado

Foto: Reuters

Em nota oficial, o agora ex-ministro agradeceu o presidente Bolsonaro pela "oportunidade de servir o País", mas não explica o motivo do desligamento.

Anunciado durante a transição de governo, em 2018, quando era assessor do então presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, Azevedo e Silva foi chefe do Estado-Maior do Exército, considerado um dos cargos de maior prestígio.

O pedido de demissão do general pegou Brasília de surpresa, no momento em que ocorrem tratativas para encontrar um substituto para o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, que também decidiu sair do governo.

Com as demissões de Ernesto e Azevedo, o presidente perde dois importantes expoentes do governo.

Confira a nota emitida por Fernando Azevedo e Silva:

"Agradeço ao Presidente da República, a quem dediquei total lealdade ao longo desses mais de dois anos, a oportunidade de ter servido ao País, como Ministro de Estado da Defesa.

Nesse período, preservei as Forças Armadas como instituições de Estado.

O meu reconhecimento e gratidão aos Comandantes da Marinha, do Exército e da Aeronáutica, e suas respectivas forças, que nunca mediram esforços para atender às necessidades e emergências da população brasileira.

Saio na certeza da missão cumprida.

Fernando Azevedo e Silva

Com informações da Ansa.





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/441635/visualizar/