Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Nacional
Terça - 30 de Março de 2021 às 05:19
Por: Terra

    Imprimir


O Brasil registrou mais 1.660 mortes e 38.927 casos de covid-19 em 24 horas, informou o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) nesta segunda-feira (29). Com os dados, o País soma 12.573.615 contágios confirmados e 313.866 vítimas desde o início da pandemia.

Domingos e segundas-feiras são os dias de menor notificação por conta da demora das secretarias de saúde dos estados repassarem os números. Porém, mesmo menores, eles mantêm altas as médias de casos e mortes.

A média dos últimos sete dias de falecimentos subiu para 2.634, o maior patamar registrado desde o início dos boletins diários, em março de 2020. Já a de casos teve uma leve queda: de 76.636 para 75.156.

O consórcio de imprensa formado por Estadão, G1, O Globo, Extra, Folha e UOL levantou, junto às secretarias estaduais de Saúde, 1.969 mortes e 44.720 casos nas últimas 24 horas. Ao todo, os veículos de imprensa registraram 314.268 mortes e 12.577.354 infecções pelo novo coronavírus.

O estado de São Paulo é o que mais contabiliza contaminações (2.425.320) e vítimas (72.283) quando considerados os números totais.

Nos óbitos, o segundo lugar fica com o Rio de Janeiro (36.149), seguido por Minas Gerais (23.788), Rio Grande do Sul (19.020) e Paraná (16.290). Já nos casos, aparecem na sequência Minas Gerais (1.103.687), Paraná (839.764), Rio Grande do Sul (832.007) e Santa Catarina (798.076).

No entanto, o estado fluminense é o que tem a maior taxa de letalidade, com 5,6%, seguido por Pernambuco e Amazonas, ambos com 3,5%, e por São Paulo (3%). A média nacional está mantida em 2,5%. .

Com informações da Ansa e do Estadão Conteúdo





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/441653/visualizar/