Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Cidades/Geral
Segunda - 19 de Abril de 2021 às 13:25
Por: Wellington Sabino/Folha Max

    Imprimir


Por causa de uma pneumonia pós-Covid diagnosticada na manhã desta segunda-feira (19), o secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, ficará afastado de suas funções pelos próximos 10 dias. A informação é do Governo do Estado, que divulgou nota informando que o gestor já iniciou o tratamento medicamentoso e seguirá recomendação medica para repouso domiciliar.

Aos 59 anos, Figueiredo foi diagnosticado com Covid-19 em junho de 2020, recebeu tratamento, ficou em isolamento e foi curado da doença. Depois, no final de novembro voltou a ter problemas de saúde, ocasião em um segundo exame apontou a detecção do coronavírus.

À época, ele recebeu os primeiros atendimentos no Hospital Estadual Santa Casa, em Cuiabá, unidade gerenciada pela Pasta que ele comanda. Com o agravamento do quadro de saúde, no dia 1º de dezembro Gilberto foi transferido para São Paulo para dar continuidade aos tratamentos no Hospital Albert Einstein.

Naquela ocasião, segundo o Governo de Mato Grosso, Gilberto iria se tratar e ter acompanhamento especializado, uma vez que sofre da Doença de Crohn, uma enfermidade crônica que causa inflamações intestinais e compromete o trato gastroinstestinal. Ele só retornou aos trabalhos na Secretaria Estadual de Saúde no dia 11 de janeiro deste ano. Agora, foi diagnosticado com a pneumonia pós-Covid.

CONFIRA A NOTA DO GOVERNO

O secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, foi diagnosticado com pneumonia pós Covid-19. O diagnóstico foi consolidado na manhã desta segunda-feira (19.04), após a análise de exames e avaliação médica. Gilberto já iniciou o tratamento medicamentoso e, seguindo a recomendação do médico, ficará em repouso domiciliar pelos próximos 10 dias.





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/442248/visualizar/