Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Policia MT
Quinta - 03 de Maio de 2012 às 10:33
Por: Iara Vilela

    Imprimir


Reprodução/TVCA
PM diz que torres de presídio estavam vazias na fuga de 36 presos de MT
PM diz que torres de presídio estavam vazias na fuga de 36 presos de MT

A Polícia Militar prendeu mais três foragidos do Presídio Osvaldo Florentino Leite (Ferrugem) na madrugada desta quinta-feira (3). Conforme a PM, dos 36 detentos que escaparam na noite da última segunda-feira (30), 12 já foram recapturados.

O presídio Ferrugem fica localizado na cidade de Sinop, a 503 km de Cuiabá, porém, os fugitivos foram localizados em um bairro do município de Sorriso, que fica distante apenas 80 km do local da fuga.

Conforme Jorge Almeida, capitão da Polícia Militar de Sorriso, as prisões aconteceram após uma denúncia anônima de que duas mulheres estariam dando apoio logístico aos fugitivos do presídio da cidade vizinha. De acordo com a denúncia, as mulheres teriam alugado uma casa, para servir de abrigo para os suspeitos. “Nós fizemos o monitoramento desde as 9h da manhã de ontem. As mulheres até trocaram de casa uma vez e nós acompanhamos tudo”, explicou.

Ainda segundo o capitão, os policiais militares tiveram que invadir a casa. “Depois que um veículo e uma moto chegaram no local, isso aumentou as suspeitas, então nós pedimos apoio e vários policiais cercaram a casa. Por volta da 1h, nós entramos no local e encontramos os fugitivos lá dentro”, detalhou.

Os três homens confessaram ter fugido do presídio de Sinop. Além deles, as duas mulheres que estavam no local também foram presas por suspeita de dar apoio logístico aos fugitivos. Eles foram levados pata a delegacia de Sorriso e devem ser encaminhados para Sinop até sexta-feira (4).

A fuga
Trinta e seis detentos do presídio fugiram na noite da última segunda-feira (30). Os detentos escaparam após serrar as grades de uma das celas e cavar um túnel - de quase 30 metros de comprimento e aproximadamente 70 centímetros de diâmetro - que deu acesso ao lado de fora da unidade.

O coronel Aurélio Vilas Boas, da Polícia Militar de Sinop afirmou em entrevista ao G1 que apenas duas das quatro torres do Presídio Ferrugem estavam com agentes do sistema prisional durante a fuga.

Ele declarou também que pode ter ocorrido uma possível falha na fiscalização no interior de uma das celas onde os presos cumpriam pena. ""Pode ter ocorrido falha da fiscalização na área interna, uma vez que encontramos a terra retirada do túnel dentro de sacos embaixo das camas dos presos"", declarou. Ele acrescentou que os presos usaram um ventilador e até uma estrutura de luz elétrica para iluminar o túnel para a fuga à noite.





Fonte: Do G1 MT

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/52889/visualizar/