Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Policia MT
Segunda - 30 de Abril de 2012 às 07:25

    Imprimir


Um homem, 30 anos, foi preso pela Polícia Militar de Aripuanã (1002 km ao norte de Cuiabá) acusado de tentar matar outro a facadas e de atear fogo em uma residência onde estava uma mulher grávida e uma criança. O caso ocorreu em uma madeireira localizada a aproximadamente 40 km do município.

De acordo com a PM, C.C.P, 31 anos, seria o alvo do suspeito. A vítima relatou aos policiais que pediu para o acusado, I.J.C, devolver algumas peças que teriam sido furtadas de um veículo estacionado no pátio da madeireira e evitar a comercialização. Porém, o suspeito teria ficado revoltado e iniciado uma briga com a vítima.

A discussão sofreu intervenção de outros funcionários da empresa. No entanto, I.J.C. acabou pegando uma faca de cozinha, em um dos alojamentos, e tentou atingir a vítima, mas novamente foi impendido pelos colegas.

Quando a polícia chegou ao local, encontrou uma casa em chamas. Testemunhas relataram que o suspeito aproveitou o momento em que C.C.P saiu para pedir apoio policial e ateou fogo no imóvel, onde estava a mulher da vítima, que tem 20 anos (grávida de seis meses) e o filho do casal, de um ano.

A mulher, ao perceber o incêndio, teria tentado escapar pela porta da frente, porém, não conseguiu pois o suspeito havia travado com uma cadeira. Aos policiais, a jovem relatou que conseguiu sair junto com o filho pela porta dos fundos. O suspeito teria dito a jovem que "já que não conseguiria matar o seu marido mataria ela e seus filhos", informa assessoria de imprensa da PM.

O acusado foi localizado ainda na empresa, deitado em um dos barracões e com um isqueiro na mão. Ao ser preso, confessou ter jogado gasolina na cozinha da casa das vítimas. Ele foi encaminhado para a Polícia Civil.






Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/53145/visualizar/