Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Polícia Brasil
Quarta - 25 de Abril de 2012 às 11:35

    Imprimir


Claudio Abreu, ex-diretor da Delta Construções e apontado como membro do grupo do empresário de jogos ilegais Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, foi preso nesta quarta-feira (25) em Goiânia. Ele será transferido para Brasília.

A prisão é decorrência de uma operação do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios, em conjunto com a Polícia Civil do Distrito Federal, batizada de Saint Michel. As medidas foram cumpridas nas cidades de Brasília, São Paulo, Anápolis e Goiânia.

Também foram presos hoje um vereador de Anápolis e um servidor do governo do Distrito Federal, Valdir Reis.

As prisões são um desdobramento da Operação Monte Carlo, realizada pela Polícia Federal em 29 de fevereiro e que prendeu Carlinhos Cachoeira, suspeito de comandar uma rede de jogos ilegais.

Segundo a Delta, Abreu foi afastado da empresa no dia 8 de março pelo Conselho Deliberativo. Após o afastamento, a empresa destaca que instalou uma auditoria no escritório regional Centro Oeste da empresa, sediado em Goiânia.

"O escritório regional era dirigido por Cláudio Abreu. A Delta Construção deseja apurar a extensão e a intensidade do relacionamento do ex-diretor da empresa com o empresário Carlos Augusto Ramos e fatos, atos e ações narrados em inquérito pelo Ministério Público e pela Polícia Federal", informou a assessoria de imprensa.






Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/53543/visualizar/