Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Cidades/Geral
Terça - 27 de Março de 2012 às 18:22

    Imprimir


 
Pezão derrotou a lenda Fedor Emelianenko no Strikeforce. Foto: AP


Pezão derrotou a lenda Fedor Emelianenko no Strikeforce. (Foto: AP)



Desconhecido do grande público, Antonio Silva desembarca no Ultimate Fighting Championship como um dos grandes nomes oriundos do Strikeforce. Embora não tenha um grande reconhecimento do público leigo no País, "Pezão", como é conhecido, chega ao principal evento de MMA do planeta credenciado pela vitória sobre a lenda russa Fedor Emelianenko, em 12 de fevereiro do ano passado, durante o GP dos pesados do antigo concorrente da Zuffa, especialmente entre os atletas mais fortes.

Agora contratado pelo UFC e prestes a estrear no principal evento de artes marciais mistas do mundo contra Roy Nelson, em 26 de maio, Pezão prevê que participará de uma ¿guerra¿. Em entrevista de promoção do UFC 146 nesta terça-feira, o peso pesado brasileiro ressaltou a qualidade do card principal de sua primeira participação dentro da organização comandada por Dana White.

"Não tenho dúvidas que todas as lutas serão excelentes. Qualquer coisa pode definir um combate entre os pesos pesados. Creio que teremos apenas guerras neste evento", discursou o lutador, que pela primeira vez na carreira terá a oportunidade de lutar no grande evento de MMA do mundo.

Além do combate envolvendo Pezão e Roy Nelson, o card principal do UFC 146 terá apenas combate entre pesos pesados. O main-event será protagonizado pela batalha pelo cinturão envolvendo o atual dono do título, Junior "Cigano" dos Santos, e Alistair Overeem, outro atleta oriundo do Strikeforce.

Somado ao embate que valerá o título da categoria, completam o card o duelo entre os ex-campeões Cain Velasquez e Frank Mir; e os combates entre o brasileiro Gabriel Gonzaga e Shane del Rosario, e Mark Hunt e Stefan Sturve.

Envolvido na edição inédita de um card principal envolvendo somente lutadores pesos pesados, Pezão destacou que vive um sonho por agora, enfim, poder atuar dentro do Ultimate.

"O sonho de todo o atleta é estar entre os melhores. Estou no melhor evento do mundo e muito feliz de poder lutar contra os melhores. Garanto que vou dar o meu melhor e fazer uma das minhas melhores lutas", assegurou o lutador paraibano.





Fonte: Terra

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/55568/visualizar/