Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Copa 2014
Quarta - 01 de Fevereiro de 2012 às 09:27
Por: Marcos Lemos

    Imprimir


O ministro dos Esportes, Aldo Rebelo garantiu ao governador Silval Barbosa (PMDB) de que não faltarão recursos públicos para as obras da Copa do Mundo e preferiu descaracterizar de que os investimentos partem da imperiosa necessidade por causa do evento mundial. "Mato Grosso é hoje a estrela do agronegócio que mantém o superávit da balança comercial, então é preciso que os investimentos aconteçam independente da Copa do Mundo que é claro define prioridade, mas não é apenas o único motivo", disse o ministro.

Rebelo admitiu ainda que a troca do sistema de transporte coletivo do BRT - "Bus Rapid Transit" para o VLT - Veículo Leve sobre Trilhos acabou por atrasar um pouco a execução de algumas obras, mas nada que comprometa os resultados finais e emendou: "O VLT é um exemplo de que as obras são para a Copa do Mundo e para depois da Copa do Mundo. Ao final de 2014, as coisas vão continuar acontecendo, Mato Grosso crescendo, Cuiabá e Várzea Grande se desenvolvendo, então o governo da presidente Dilma Rousseff não vê apenas a Copa do Mundo como essencial, mas o pós-Copa como conslidação do processo de desenvolvimento econômico"

O ministro sinalizou ainda que o fato do Estado ter optado pela troca do modal de transportes é uma decisão de competência do Governo do Estado e dos municípios de Cuiabá e Várzea Grande envolvidos no processo. "A definição é das autoridades locais e o governo federal apenas aporta condições de solução e financiamentos", disse Aldo Rebelo.

O governador Silval Barbosa pediu ao ministro apoio para vencer a burocracia de alguns setores do Governo Federal e lembrou que a responsabilidade de Mato Grosso está toda completa só aguardando as sinalizações e liberações para que os processos licitatórios das principais obras sejam colocadas em execução e as obras lançadas para cumprir o cronograma da Fifa e da CBF.





Fonte: Do GD

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/60655/visualizar/