Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Saúde
Quinta - 02 de Abril de 2009 às 14:06
Por: Nicholas Bakalar

    Imprimir


Suplementos de vitamina D podem ajudar na prevenção de fraturas em pessoas acima de 65 anos, desde que tomem o suficiente da variedade correta. Uma nova revisão de ensaios clínicos parece demonstrar um forte efeito da vitamina D, dependendo da dose, em reduzir o risco de fraturas não-vertebrais em idosos.

A responsável pela análise Heike A. Bischoff-Ferrari, professora de medicina na Universidade de Zurique, disse que "a vitamina D em uma dose alta o bastante não é benéfica apenas para a população idosa mais fragilizada, mas também funciona naqueles que ainda vivem em casa e são capazes de cuidar de si mesmos".

Os pesquisadores, escrevendo na edição de 23 de março do periódico The Archives of Internal Medicine, analisaram 12 testes aleatórios que, juntos, incluíram mais de 65 mil indivíduos. Doses menores que 400 unidades internacionais diárias não tiveram efeito perceptível, mas para doses maiores que essa os dados levantados mostraram uma redução de 20% no risco para todas as fraturas não-vertebrais e de 18% para quadris quebrados.

O tipo de vitamina D fez diferença. O efeito da vitamina D3 foi significativo, com uma redução de 23% no risco, mas não houve redução importante com a vitamina D2. Os autores sugerem que a D3 é mais eficaz em manter o nível sangüíneo da 25-Hidroxi vitamina D, a forma ativa que o suplemento assume no corpo.

Tradução: Amy Traduções





Fonte: The New York Times

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/162261/visualizar/