Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Educação/Vestibular
Segunda - 26 de Março de 2007 às 15:22

    Imprimir


Todas as secretarias e órgãos do MEC estão envolvidos com educação especial. Dos programas de formação de professores a educação profissional e livros didáticos. A informação foi dada pelo ministro da Educação, Fernando Haddad, durante a abertura do Curso de Formação de Tutores para Atendimento Educacional Especializado, na manhã desta segunda, 26, na Academia de Tênis de Brasília.

O ministro destacou que também a Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) pensa a pós-graduação tendo em mente a educação especial, pois o princípio da educação inclusiva norteia todas as ações do MEC. “Isso nos enche de orgulho e de esperança”, disse. Na opinião do ministro, os maiores beneficiários com essa política são a comunidade, os alunos em geral, professores e dirigentes da escola. “Todos que convivem com a educação especial ganham muito”.

Ainda conforme o ministro, é importante conviver com a diversidade, a diferença, aprender regras de convivência, se formar do ponto de vista político e ter percepção de que a educação é para todos. “A presença de alunos especiais na escola tem efeito pedagógico para o ambiente escolar”.

Educação Inclusiva — O curso, promovido pela Secretaria de Educação Especial (Seesp/MEC) formará 147 tutores, que orientarão 1.447 professores de todos os estados e do Distrito Federal para o atendimento educacional especializado. Em Brasília, os tutores estão participando de 40 horas presenciais, até sexta, 30 – em áreas como deficiência auditiva, visual, mental e tecnologia assistiva - e depois estudarão outras 140 horas a distância, na modalidade e-Proinfo (Programa Nacional de Informática na Educação, da Secretaria de Educação a Distância do MEC).

Os tutores são ligados a 147 municípios-pólo do Programa Educação Inclusiva: Direito à Diversidade, da Seesp/MEC. Em 16 de abril eles começam a formar os professores. A orientação e certificação do curso são da Universidade Federal do Ceará (UFC), em parceria com o Laboratório de Estudos e Diversidade da Unicamp.





Fonte: MEC

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/235017/visualizar/