Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Educação/Vestibular
Quarta - 28 de Fevereiro de 2007 às 07:30

    Imprimir


Horácio García Lozano foi chamado de menino gênio por seus professores. Aos quatro anos, ele lia sobre dinossauros em revistas em quadrinhos.

E, com apenas 11 anos, ele é um dos estudantes mais jovens do mundo a entrar em uma universidade, a Universidade Hidalgo.

Seu campo de estudo, paleontologia, requer um nível inteligência e dedicação que mesmo os outros estudantes - que têm o dobro da idade de Horácio - acham assustador.

"Diferente"

Mesmo com toda a pressão, Horácio não se sente nervoso na universidade.

"É muito diferente. Na escola primária tem crianças da minha idade. Aqui tem pessoas quase dez anos mais velhas do que eu", disse.

Os professores na universidade afirmam que Lozano é um gênio e esperam que ele se transforme em um paleontólogo famoso.

"Vemos (Horácio) como um dos melhores paleontólogos a sair do México em todos os tempos. Ele é uma criança que sabe tantas informações, mas também sabe como pesquisar e entender estas informações", disse Alberto Blanco, professor de ciências da Terra.

Além de matricular Horácio na universidade, a mãe dele, Maria Luisa Lozano, inscreveu o menino em uma escola com crianças da mesma faixa etária para que ele não tenha problemas em seu desenvolvimento social.

Bolsa de estudos

A mãe de Horácio luta para manter o filho na faculdade - pagando os estudos com o que produz em uma pequena fazenda.

Horácio também dá duro. Ele pega um ônibus para a escola primária e outros dois para a universidade, que arca com parte dos custos do transporte. Mas a maioria dos animais da fazenda foi vendida para financiar a educação de Horácio.

Maria Luisa Lozano espera que o governo do México dê uma bolsa de estudos para seu filho. Se isto não acontecer eles terão que buscar ajuda em outros países.

"Quando pessoas talentosas não estão recebendo nenhum apoio é lógico que estas pessoas tentem (ajuda) em outros países se nestes países existe o apoio para que exerçam seu talento. Todas as pessoas talentosas deveriam ficar aqui no México", afirmou.

Horácio já está passando seus conhecimentos sofre fósseis em palestras especiais sobre paleontologia.





Fonte: BBC Brasil

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/239623/visualizar/