Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Tecnologia
Sexta - 12 de Maio de 2006 às 09:41

    Imprimir


A Microsoft revelou que o Google exige um tratamento preferencial em relação a outros serviços de busca. Em lugar da classificação alfabética dos buscadores disponíveis, o Google estaria requerendo um classificação por cota de mercado.

Este semana, o Google comentou na imprensa norte-americana a forma pela qual, no seu entender, a Microsoft aproveita sua posição de líder de mercado de TI para obstruir seu negócio. O Google considera altamente prejudicial que o navegador Internet Explorer 7 não peça automaticamente para o usuário selecionar o buscador de sua preferência.

"O Google quer que peçamos ao usuário para mudar suas preferências padrão. Querem também ver uma lista dos buscadores na qual eles, líderes do mercado, apareçam em primeiro lugar", disse Steve Ballmer, presidente da Microsoft, em entrevista ao News.com.

O IE7, ainda em versão beta, apresenta uma lista de buscadores, classificados em ordem alfabética e não por fatia de mercado, conforme Ballmer interpreta os desejos do Google. Na lista, o Google aparece depois de outros, ainda que venha antes da ferramenta da própria Microsoft.

O IE7 também carece de uma função que o Google adoraria: perguntar ao usuário se deseja mudar suas preferências de busca com base na história pessoal de buscas ou outras preferências pessoais.





Fonte: Terra

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/301567/visualizar/