Repórter News - www.reporternews.com.br
Educação/Vestibular
Sábado - 24 de Abril de 2004 às 15:00
Por: Aluizio de Azevedo

    Imprimir


A superintendente de Desenvolvimento da Formação (SDF) da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), Mônica Agripina Botelho, participará, na próxima semana, em Brasília, do “Seminário Nacional sobre Política de Valorização de Trabalhadores em Educação”.

O seminário, que acontece de 26 a 28 deste mês, é promovido pelo Ministério da Educação (MEC), por meio da Secretaria de Educação Infantil, e tem como objetivo promover e incentivar a discussão das necessidades de formação profissional, inicial e continuada dos trabalhadores não docentes da área de Educação.

De acordo com Mônica Botelho, o encontro representa uma oportunidade para a troca de experiências e para o aprofundamento de discussões sobre a valorização dos trabalhadores. “Esperamos discutir e impulsionar a implementação de políticas específicas para a formação e a carreira dos nossos profissionais”, diz.

A superintendente informa que a Seduc participará em três painéis do seminário. O Projeto Arara Azul será apresentado em três discussões: a primeira falará sobre educadores alimentares e técnicos do espaço educativo; a segunda abordará os técnicos em administração escolar e em multimeios didáticos; e a terceira discutirá os educadores infantis.

ARARA AZUL – Implantado em 1998, o Projeto “Arara Azul” é uma das ações que fazem parte do projeto “Aprimorar”, que engloba todos os projetos que visam à formação inicial, continuada e profissionalizante dos servidores da Seduc. Desde a sua implantação, 4.555 servidores foram atendidos, mas a Secretaria tem como meta capacitar todos os técnicos e apoios administrativos até o final de 2006.

Desde sua implantação, o “Arara Azul” passou por algumas modificações para melhorar o atendimento ao profissional da Educação. Desenvolvido pela SDF, além de capacitar, ele proporciona aos capacitados um novo enquadramento salarial que prevê um reajuste de 40% em seus vencimentos. O curso tem duração de 21 meses é ofertado de forma regular e parcelada com 14 pólos, envolvendo cursistas de diferentes Municípios de Mato Grosso.

Novas turmas deverão começar em maio deste ano. Os interessados poderão fazer capacitações nas áreas de Administração Escolar e Multimeios (técnicos), e em Infra-estrutura e Nutrição Escolar (apoios).




Fonte: Redação/Secom - MT

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/385067/visualizar/