Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Saúde
Terça - 20 de Abril de 2004 às 09:57
Por: Simone Wesley

    Imprimir


A Secretaria de Estado de Saúde (Ses/MT) está implementando ações para garantir qualidade de vida a população indígena. Está previsto para ser inaugurado ainda neste mês abril um posto de saúde para os índios da etnia Xavante. Esta é uma ação do Governo do Estado, em parceria com os municípios de Primavera do Leste, Poxoréu, General Carneiro e Novo São Joaquim, e o Sindicato Rural de Primavera. Cerca de 826 Xavantes da Reserva de Sangradouro e Volta Grande vão ter atendimento ambulatorial e odontológico. A Ses fez um investimento da ordem de R$ 80 mil na construção do ambulatório médico.

Dentro das normas da Política Nacional de Atenção à Saúde dos povos indígenas, o Governo do Estado, a partir de 15 de outubro de 2003, passou a implementar ações do Programa Saúde Indígena, através de ações programáticas, capacitação e formação de recursos humanos na área indígena, entre outros.

A Ses/MT, em parceria com as Secretarias Municipais de Saúde das regiões onde há povos indígenas deve atuar de forma complementar na execução das ações, uma vez que é responsabilidade do Governo Federal, por meio da Funasa, a questão das etnias indígenas. Durante todo o ano de 2004, a Secretaria vai investir em ações de programações especiais, como imunização, saúde da mulher e da criança, vigilância nutricional, controle da tuberculose, malária, Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) e Aids, doenças crônicos – degenerativas, tais como câncer de colo de útero, diabetes, hipertensão, entre outros. Além de serviços de Vigilância epidemiológica e sanitária a cargo dos gestores estaduais e municipais do Sistema Único de Saúde (Sus). No total, existem quatro Distritos Especiais de Saúde Indígena, de Cuiabá, Kaiapó, Xingu e Xavante.

As capacitações dos profissionais estão sendo realizadas em parceria com os Escritórios Regionais e municípios. Entre os dias 06 e 08 de abril, aconteceu a Primeira Capacitação de Prevenção DST/Aids, Tangará da Serra, para médicos, agentes indígenas, auxiliares de enfermagem, entre outros, que atuam nas comunidades indígena do Pareci, Irantxe, Nhambiguara e Miki. Cerca de 45 profissionais foram capacitados.

Acontece também, entre os dias 16 e 22 de maio, em Chapada dos Guimarães, a capacitação na Sala de Vacina e Reações Pós – adventos Vacinais. Cerca de 30 profissionais vão receber formação na questão vacinal. O curso de Noções Antropológicas vai ser ministrado para 35 profissionais, na Escola de Saúde Pública, entre os dias 24 e 28 de maio.




Fonte: Redação/Secom - MT

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/385492/visualizar/