Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Educação/Vestibular
Terça - 06 de Julho de 2010 às 11:01

    Imprimir


Secretaria Municipal de Educação, Marlene Júlia Scarpat.
Secretaria Municipal de Educação, Marlene Júlia Scarpat.

Os investimentos feitos em 2009 na área educacional pela atual gestão administrativa de Nortelândia estão garantindo números satisfatórios do ponto de vista avaliativo, consequentemente  da crescente melhora do ensino publico municipal, resultado do esforço de profissionais da área e gestores da pasta.

No inicio deste ano, o Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso anunciou nota 9,5 para a educação da cidade, em seguida foi à vez de o município figurar na lista das 100 melhores gestões educacionais do Brasil e agora o Ministério da Educação divulgou os números relativos ao Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) de todo o país, revelando que o município superou em 1,3 a meta projetada para 2009 em relação à rede municipal de ensino, que era de 4,2, mas alcançou a marca de 5,5 no nível de 1ª a 4ª série. De 5ª a 8ª a meta projetada subiu 1,5, ela era de 3,0 e de acordo com avaliação anunciada à cidade atingiu a marca de 4,5. Enquanto que em nível nacional o índice foi de 4,6 (1ª a 4ª) e de 4,0 (5ª a 8ª) e a estadual 4,9 (1ª a 4ª) e 3,6 (5ª a 8ª).

Para se ter uma idéia da qualidade e do nível educacional do município, os números que levam em conta o índice de aprovação dos alunos, a distorção idade/série, evasão escolar e o desempenho/rendimento que é auferido através de uma prova de português e matemática aplicada aos alunos, é que Nortelândia obteve nota superior a média nacional e estadual (veja quadro abaixo).

A Secretaria Municipal de Educação, Marlene Júlia Scarpat, comemorou os números e esclareceu que o município já avançou muito em relação ao que o Ministério da Educação pretende atingir até o ano de 2021 que é um índice de 6,0. “O IDEB preconizado para o ano de 2021 que é de 6,0 nós já atingimos, faltando 12 anos antes, a marca 5,5, o que demonstra que estamos no caminho certo” frisou ela.

O prefeito municipal Neurilan Fraga, disse que os números são resultados de uma política educacional voltada para o efetivo aprendizado dos alunos desenvolvida pelos profissionais da educação do município, que trabalham diariamente no sentido de colocar em prática um plano de ensino de qualidade. “Os profissionais da educação é que estão de parabéns pelo índice alcançado, isso reflete o empenho deles em melhorar nossa educação” salientou. O chefe do Executivo Municipal esclareceu que sua administração não tem medido esforços para avançar no que tange a melhoria da estrutura física das escolas e a capacitação dos profissionais da educação, e ainda que os investimentos feitos no ano passado com apoio da iniciativa privada estão refletindo em melhores condições de trabalho para os professores e de aprendizado pelos alunos, que passaram a ter escolas mais agradáveis.

O indicador foi criado em 2005 e funciona como um termômetro da qualidade do ensino público. Aferido a cada dois anos de acordo com as metas estabelecidas para cada período, o Ideb varia de zero a dez e a meta é que o país atinja a nota 6 até 2022 – índice relativo aos países desenvolvidos.

Ele é calculado com base na nota obtida pelos alunos na Prova Brasil e nos índices de reprovação. O Ideb atribui uma nota para cada escola, assim como para as redes municipais e estaduais, que precisam cumprir metas bienais para melhorar a qualidade do ensino. É a partir dessas avaliações que é calculada a média nacional.





Fonte: ASCOM

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/124318/visualizar/