Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Educação/Vestibular
Quinta - 20 de Dezembro de 2007 às 09:03
Por: Daniel Dino

    Imprimir


Mais de duas mil pessoas terão a oportunidade de se qualificar no setor da construção civil em Mato Grosso. O governador Blairo Maggi assinou nesta quarta-feira (19.12) o convênio ‘Colher na Massa’, que levará a formação técnica há 46 municípios do Estado em 2008. A cerimônia aconteceu junto com a inauguração da Escola Senai de Construção, com capacidade para receber 800 alunos. Serão os professores do Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) que levarão os kits de aprendizagem aos municípios e ministrarão os cursos. As aulas são 90% gratuitas, enquanto as restantes possuem valores simbólicos.

O mercado de trabalho já está necessitando destes profissionais devido ao processo de verticalização da economia do Estado nos últimos anos. “Um dos fatores que podem influenciar uma paralisação no crescimento econômico de uma região é a falta de mão-de-obra qualificada. Os novos investidores em Mato Grosso perguntam se temos capacidade de ofertar bons trabalhadores, e estamos certos que projetos como esse são determinantes para manter o crescimento do estado”, defendeu o governador, citando exemplos de regiões, como no município de Lucas do Rio Verde, onde várias indústrias estão se instalando e fazendo grandes contratações.

O projeto Colher na Massa é uma união entre as secretarias estaduais de Infra-estrutura (Sinfra) e de Trabalho, Emprego, Cidadania e Assistência Social (Setecs), junto com o Senai. Serão investidos R$ 808,4 mil na iniciativa tendo uma contrapartida de R$ 150 mil por parte do Senai. Serão oferecidos cursos de assentador de tijolos, assentador de revestimentos cerâmicos, eletricista, almoxarife, pedreiro, instalador hidráulico, carpinteiro, pintor, entre outros. O projeto conta ainda com o apoio dos sindicatos da categoria.

A ESCOLA – Foram oito meses para a construção e instalação de equipamentos no prédio que fica no Distrito industrial de Cuiabá. Com uma área total de 20 mil metros quadrados, sendo 3.400 metros quadrados de área construída, a Escola teve um investimento de mais de R$ 5 milhões, sendo a maior do Senai em Mato Grosso e a maior do país especificamente para a construção civil. As primeiras turmas já estão estudando no local há dois meses. São pessoas que estavam desempregas e com formação mínima da sétima série do colegiado.

“Essa escola profissionalizante oferece oportunidades de vida. Vocês que estão começando esta nova carreira devem se dedicar, pois este é o segredo do bom profissional”, aconselhou o governador Blairo Maggi.

Um ponto destacado pelo presidente da Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso (Fiemt), Mauro Mendes, foi a importância que a os cursos profissionalizantes representam para os alunos. “São pessoas que recebem todos os incentivos para estudarem. Os cursos são gratuitos e eles recebem vale-transporte alimentação”, observou Mendes.

Participaram da cerimônia o vice governador, Silval Barbosa, o secretário de Indústria, Comércio, Minas e Energia, Alexandre Furlan, o secretário de Infra-estrutra, Vilceu Marcheti, o secretário de Meio Ambiente, Luís Henrique Daldegan, o diretor regional do Senai, Gilberto Figueiredo, além representantes do Exército, da Caixa Econômica Federal, da Rede Cemat e sindicatos do setor. Os deputados estaduais Carlos Avalone e Otaviano Piveta também participaram da inauguração.





Fonte: Secom-MT

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/193469/visualizar/