Repórter News - www.reporternews.com.br
Educação/Vestibular
Segunda - 07 de Maio de 2007 às 20:29

    Imprimir


Os estudantes regularmente matriculados no CuiabáVest terão desconto de 50% para as inscrições no vestibular da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). O convênio foi assinado hoje entre o prefeito Wilson Santos e o reitor da Universidade, Paulo Speller.

Segundo o coordenador-geral do Cuiabá-Vest, Sérgio Cintra, isto vai possibilitar com que os 2.800 alunos matriculados nos cursinhos pré-vestibulares possam ter acesso à universidade. No ano passado, por conta do preço da inscrição do vestibular na UFMT, de R$ 88, muitos deixaram de efetivar as matrículas.

"Com a importante celebração deste convênio, acreditamos que o percentual de inscrição, com base no número de alunos inscritos, será da ordem de 100%", prevê o coordenador. Ele disse que o convênio tem essa perspectiva. "Temos registrado grande interesse dos estudantes nesse sentido. São de baixa renda, e têm planos de cumprir uma etapa seqüencial no ensino superior. Há um interesse explícito da nossa comunidade estudantil, espalhada nos 10 pólos do Cuiabá-Vest na capital".

Os pólos estão localizados nos bairros Tijucal (Centro Comunitário), Pedregal (Escola Belmira), Avenida do CPA (Funec), Novo Terceiro (Centro Comunitário), Novo Colorado (Nossa Senhora Aparecida), centro (Capela Santa Rita – pólo diurno e noturno), Coxipó (Espaço Silva Freire) e CPA (obra Kolping).

O Cuiabá-Vest já aprovou só na primeira etapa, 181 vestibulandos na UFMT, Unemat e CEFET. Em um balanço, esse índice saltou de 9% (2005) para 21,5%, em 2006.

A procura pelo Cuiabá-Vest aumenta todos os anos. Foram recebidas em 2007, 6.398 inscrições para as 2.250 vagas disponíveis. Os alunos recebem gratuitamente oito apostilas, além de vale-transporte para freqüentarem as aulas. O Cuiabá-Vest está atento à qualidade dos profissionais que trabalham no programa educacional. Os professores (40) são os mesmos que ministram aulas nos cursinhos particulares de Cuiabá.





Fonte: RMT-Online

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/228863/visualizar/