Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Educação/Vestibular
Quinta - 28 de Setembro de 2006 às 16:25

    Imprimir


Foi publicado ontem, 27, no Diário Oficial da União (DOU), o reconhecimento do curso de Pedagogia, ministrado pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), no campus de Pontal do Araguaia, e nas cidades de Lucas do Rio Verde, Vila Bela da Santíssima Trindade e Sorriso. O curso é de licenciatura com habilitação em Docência nas Séries Iniciais do Ensino Fundamental. O deputado federal Carlos Abicalil (PT/MT) fez gestão para a expansão e consolidação da UFMT e Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat).

“Para nossa surpresa, após muita expectativa, a Secretaria de Educação Superior, SESU/MEC, publicou a portaria definitiva”, assim expressou a pro-reitora da UFMT, Prof. Dra. Matilde Curdo.

A UFMT atendeu o compromisso promovendo a formação de professores que já atuam no interior do estado, “o curso foi concluído, inclusive, com avaliação positiva do MEC, mas estávamos aguardando o parecer final para emitir os certificados”. De acordo com ela, os estudantes concluíram o curso, colaram grau, no entanto “a UFMT não podia liberar o diploma sem o reconhecimento e Carlos Abicalil foi decisivo para aceleração do processo”.

Abicalil destaca que o reconhecimento dos cursos é fundamental para regularizar a situação funcional dos profissionais, pois “sem diploma os profissionais não podiam assumir cargos públicos e nem se adequarem as funções”, explica. O Deputado ressalta que essa ação é fruto de várias reuniões no ministério e também da visita, no dia 13 de setembro, do ministro Fernando Haddad a Cuiabá.

Expansão da UFMT - O campus de Pontal do Araguaia passou a contar este ano com dois novos cursos: Engenharia de Alimentos e Enfermagem, oferecendo mais 60 vagas. A expectativa é consolidar os cursos recém-criados de Licenciatura em Física e Licenciatura em Informática.

Em Vila Bela, Abicalil está apoiando a criação de uma Universidade direcionada aos quilombolas. Projeto da Secretaria Municipal de Educação prevê a criação de um curso de Agronomia para movimentos sociais e comunidades remanescentes de quilombos.

O projeto já foi apresentado à Secretaria de Políticas para a Igualdade Racial (Sepir). De acordo com o deputado Abicalil, que articulou a reunião com a secretária Matilde Ribeiro, caso o convênio seja confirmado, serão investidos R$ 820 mil no projeto.

O campus de Sinop, município próximo a Sorriso e Lucas do Rio Verde recém contemplados com a portaria definitiva de reconhecimento do curso de Pedagogia, recebeu aproximadamente R$ 8 milhões para serem investidos em ampliação. O campus passou a oferecer cursos de agronomia, enfermagem, engenharia florestal, medicina veterinária, zootecnia e licenciatura em ciências da natureza.

O convênio entre a UFMT e o governo federal para a expansão dos campi nos municípios de MT foi no valor de mais de R$ 10 milhões. O acordo contou com o apoio do deputado Abicalil e realizado por meio do Programa de Expansão Universitária do Ministério da Educação.





Fonte: Assessoria de Imprensa

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/272780/visualizar/