Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Educação/Vestibular
Segunda - 13 de Março de 2006 às 10:53

    Imprimir


Promover a inclusão digital de 86.995 alunos da rede estadual de ensino. É com esse objetivo que o Governo do Estado de Mato Grosso entrega, nesta segunda-feira (13), em torno de 1.500 micro-computadores para implantar em Laboratórios de Informática (LI) em 74 escolas estaduais. A iniciativa, que custou aos cofres estaduais em torno de R$ 13 milhões, faz parte do projeto Conexão Escola da estratégia de governo Escola Atrativa.

Os laboratórios, que são compostos por 10 ou 15 computadores e uma impressora, serão entregues às 16h pela secretária de Estado de Educação, Ana Carla Muniz. A solenidade ocorrerá no almoxarifado da Seduc, na rua Major Gama, bairro Porto, e vai beneficiar 49.333 estudantes do Ensino Fundamental e outros 37.662 do Ensino Médio.

Dos 74 laboratórios, 60 foram adquiridos pelo Governo com recursos próprios e 14 em parceria com o Ministério da Educação (MEC), com recursos do PROMED. Conforme a Secretária, com esta ação, sobe para 197 o número de unidades escolares beneficiadas com tecnologia da informação, e inclusive acesso à Internet. “Estamos preocupados em oferecer uma educação de qualidade aos nossos alunos. E a informática educacional é uma ferramenta muito importante nesse processo. Por isso, estamos investindo na implantação de laboratórios e na formação de professores”, destaca.

Contudo, revela Ana Carla, os investimentos na inclusão digital não param por ai. De acordo com ela, o Estado já assinou um convênio com o Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT) no valor de R$ 21,4 milhões, para a entrega de mais 320 laboratórios. Do total deste recurso, o governo estadual entrará com uma contrapartida de R$ 11,3 milhões e o Ministério com R$ 10 milhões.

Esta parceria da Seduc com o MCT também prevê a formação continuada em informática educacional para todos os professores dos laboratórios contemplados. E além do que, para complementar essas ações, a Secretaria está criando um Portal Educacional, com conteúdos curriculares adaptados, com as disciplinas integradas, onde professores e alunos terão acesso para um melhor processo de ensino-aprendizado. “Na web o estudante pode complementar seus estudos, por meio de pesquisas e participação em grupos de discussão”, explica o superintendente de tecnologia da informação da Seduc, Acimar Pinheiro Lisboa.

Ele explica ainda que o uso da informática no ensino público é de fundamental importância na formação de cidadãos qualificados à realidade tecnologia e social em desenvolvimento em todo o mundo. “As empresas têm investido em tecnologia e para manuseá-la é necessário mão-de-obra qualificada. Em Mato Grosso, há carência destes profissionais, o que leva a importação de mão-de-obra de outras regiões. O objetivo é mudar esta realidade, dando aos nossos alunos os conhecimentos de informática para que possam competir no mercado de trabalho”, salienta.

Além dos 1,5 mil computadores, os 74 LI’s também são compostos por 1,5 mil mesas, 1,5 mil cadeiras, 148 aparelhos de ar-condicionado e 74 impressoras. As escolas Dunga Rodrigues, Jaime Veríssimo de Campos Júnior e Porfíria Paula de Campos (localizadas em Várzea Grande), além das unidades escolares Diva Hugueney, Pascoal Ramos, João Brienne de Camargo, Mario de Castro, Dione Augusta de Souza, Nilo Povoas e Militar Tiradentes (localizadas em Cuiabá), estão entre os 74 estabelecimentos de ensino que receberão os equipamentos.





Fonte: 24HorasNews

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/313209/visualizar/