Repórter News - www.reporternews.com.br
Educação/Vestibular
Segunda - 18 de Abril de 2005 às 17:50
Por: Nika Pereira

    Imprimir


A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) realizará dos dias 24 a 30 de abril, em Cuiabá, o curso de Gestão Escolar Indígena, para secretários, gestores e presidentes de Conselhos Deliberativos das escolas indígenas. A expectativa é que 100 professores índios de 40 municípios participem do evento.

O curso faz parte do projeto Ipê, que está inserido dentro do Programa Escola Atrativa da Seduc. O objetivo é de proporcionar as comunidades indígenas à construção da própria alta gestão escolar, também dar continuidade à formação desses profissionais.

Durante o curso serão abordados temas relacionados à prática da educação indígena como calendário, projetos pedagógicos, gestão financeira (origem dos recursos Federal, Estadual, PDE, PDDE, Merenda e Livro Didático), organização escolar (matrícula e transferência), Censo Escolar e Regimento da Escola – Direito e Deveres de: Profissionais da Educação, Alunos, Carga Horária, Matriz Curricular e Calendário Escolar.

“Os profissionais da educação indígena estão tendo dificuldades para desenvolver os processos relacionados a educação dos índios nas escolas, o curso vai sanar essas dúvidas, e com isso, agilizar o processo organizacional”, Sebastião Ferreira de Souza, líder da equipe de Educação Indígena.

O curso será realizado em parceria com o Ministério da Educação (MEC), Fundação Nacional do Índio (Funai) com o apoio do Conselho de Educação Escolar Indígena de Mato Grosso (CEEI-MT), Organização dos Professores Indígenas de Mato Grosso (OPRIMT) e Prefeituras Municipais. Além de Cuiabá, o curso também será ministrado em Barra dos Garças no período de 1 a 7 de maio.

EDUCAÇÃO ESCOLAR INDÍGENA – Possui atualmente 170 escolas indígenas entre municipais e estaduais, que atende em torno de 9.800 alunos, matriculados no Ensino Fundamental e Médio. Cada escola apresenta a sua especificidade, com diferenças, costumes, tradições, cosmologia e formas de organização social, o que lhes confere o direito a uma organização escolar específica.

Mato Grosso é um Estado pluricultural e multiétnico. Destaca-se no cenário brasileiro pela diversidade que o coloca como segundo estado em número de etnias indígenas dom país, com 38 povos e 9 referências de grupos isolados. No território habita cerca de 30 mil índios, que buscam a escolarização para si e para os filhos.




Fonte: Assesorial/seduc-mt

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/345526/visualizar/