Publicidade
Repórter News - www.reporternews.com.br
Saúde
Sábado - 22 de Maio de 2004 às 17:16

    Imprimir


BRASÍLIA - Auditores da Controladoria Geral da República vão acompanhar e até fazer parte da nova equipe da área de licitações do ministério da Saúde. O objetivo é reestruturar a coordenação-geral de Logística, já que todos os ocupantes de cargos de chefia e outros funcionários ligados à compra de medicamentos estão sendo desligados. A decisão foi tomada durante reunião, nesta sexta-feira, do ministro da Saúde, Humberto Costa, com o ministro do Controle e da Transparência, Waldir Pires.

O ministro da Saúde já demitiu 15 funcionários envolvidos em fraudes na compra de hemoderivados, remédios fabricados a partir da proteína do sangue para o tratamento de doenças como a hemofilia. Entre os demitidos estão o coordenador geral de Recursos Logísticos, os titulares das cinco coordenações que compõem o setor de Suprimento de Medicamentos e Correlatos, de Programação e Execução Orçamentária e Financeira, Obras e Serviços de Engenharia, Apoio Operacional, Suprimento e Controle Patrimonial, e os chefes das divisões de Aquisição de Medicamentos e de Armazenamento e Distribuição de Medicamentos.

Novas demissões poderão ocorrer na próxima semana, “mas elas não significam, no entanto, o envolvimento dessas pessoas em irregularidades, representa apenas medida preventiva para a

reestruturação da área de licitações”, disse o Ministro Humberto Costa em nota.

Das 14 pessoas presas esta semana pela Operação Vampiro, da Polícia Federal, nove eram funcionários do ministério da Saúde.




Fonte: Agência Brasil

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: https://www.reporternews.com.br/noticia/383080/visualizar/