Publicidade

Publicado em Sexta - 30 de Agosto de 2019 | por Por Luiz Gonzaga Neto, TV Centro América

Queimada sem controle destrói região de morros em Chapada dos Guimarães (MT)

O combate às chamas já vinha sendo feito por equipes dos bombeiros e do Instituto Chico Mendes de Conservação e Biodiversidade (ICMbio) por terra. Entretanto, o tempo seco, o vento e o fato de ser uma região de morraria tem dificultado a extinção do fogo.

Leia mais...
Equipes tentam conter as chamas por terra — Foto: Corpo de Bombeiros - MT
Equipes tentam conter as chamas por terra — Foto: Corpo de Bombeiros - MT

Polícia abriu 145 investigações sobre queimadas e desmatamentos entre junho e agosto em Mato Grosso — Foto: Christiano Antonucci/ Secom-MT
Polícia abriu 145 investigações sobre queimadas e desmatamentos entre junho e agosto em Mato Grosso — Foto: Christiano Antonucci/ Secom-MT

Polícia abre 145 investigações sobre queimadas e desmatamentos entre junho e agosto em Mato Grosso

Publicado em Quinta - 29 de Agosto de 2019

De acordo com a Dema, os procedimentos investigativos foram instaurados no período de 1º de junho de 2018 a 28 de agosto. Outros crimes de menor gravidade são apurados nas delegacias locais.

Leia mais...

Cuiabá terá ato em defesa da Amazônia e do Cerrado nesta 4ª

Publicado em Quarta - 28 de Agosto de 2019 | por Da Assessoria

Mato Grosso lidera o número de queimadas na região amazônica em 2019. O Estado já soma mais de 13 mil focos de calor, de janeiro a agosto, conforme levantamento do Instituto Centro de Vida (ICV) e Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).

Os dados revelam um aumento de 87% no número de queimadas em relação ao mesmo período do ano anterior. Se considerarmos apenas o período de proibição de queimadas, iniciado em julho, chega a 205%.

Do total, 60% dos focos de calor foram registrados na Amazônia, 32% no Cerrado e 2% no Pantanal. Vale lembrar, 16% das áreas indígenas foram identificadas como Terras Indígenas.

A crise ambiental que se alastra pelo Brasil e foi evidenciada nos céus de São Paulo, tomados pela fumaça dos incêndios na Amazônia. Denúncia e sentimento de indignação tomaram conta de pelo menos 22 cidades brasileiras, marcadas por protestos no último fim de semana.

Entendendo a importância da biodiversidade mato-grossense, bem como a ameaça que o aumento de incêndios representa aos biomas que compõem o Estado, estudantes e ativistas ambientais vão às ruas de Cuiabá para marcar posição na luta internacional em defesa das florestas brasileiras.

O ato político e cultural será realizado nesta quarta-feira (28), a partir das 16 horas, na Praça Ipiranga.

.

Confira manifesto na íntegra:

Um ato político em defesa da Amazônia, Cerrado, Pantanal, em defesa da vida, dos povos e da biodiversidade. Nós somos trabalhadores/as, estudantes, povos ancestrais, povos da cidade e artistas, lutamos pelas florestas do nosso território e contra o genocídio da vida.

Nós não aceitamos que a nossa água, nosso solo, nossas riquezas, nossa agricultura sirvam meramente para exportação e obtenção de lucro para um pequeno grupo econômico. A água e chuva que nos beneficia, o ar que respiramos, a comida que comemos dependem do Cerrado, Pantanal e Amazônia.

Nosso movimento convoca às ruas todas as pessoas que sabem da importância das florestas, da terra e da água e que querem se organizar em um amplo movimento de defesa do que é nosso. Também convocamos para o diálogo, por meio da informação, canto, cultura e arte, todas as pessoas que querem saber mais sobre a importância da Amazônia, Cerrado e Pantanal para os povos do campo e das cidades.

Organize-se com a gente, é possível lutar por um mundo sem destruição, assassinato da vida e que respeite nossa ancestralidade para as futuras gerações.

Leia mais...
Operação aconteceu em Marcelândia após alerta do Satélite Planet
Operação aconteceu em Marcelândia após alerta do Satélite Planet

Sema flagra 1,5 mil ha de desmate ilegal; multa é de R$ 7,5 milhões

Publicado em Quarta - 28 de Agosto de 2019 | por Mídia News

De acordo com a Sema, todos os alertas de desmatamento pelo Satélite Planet foram confirmados, uma parte com sobrevoo e outra por via terrestre. Os crimes ambientais de desmatamento ilegal geraram multas de R$ 7,5 milhões.

Leia mais...
Mato Grosso reforça combate a queimadas em 7 regiões da Amazônia e coloca mais 16 equipes em campo — Foto: Corpo de Bombeiros de Mato Grosso/Divulgação
Mato Grosso reforça combate a queimadas em 7 regiões da Amazônia e coloca mais 16 equipes em campo — Foto: Corpo de Bombeiros de Mato Grosso/Divulgação

MT reforça combate a queimadas em 7 regiões da Amazônia e coloca mais 16 equipes

Publicado em Terça - 27 de Agosto de 2019 | por G1 MT

Ao longo desta semana, dezesseis novas equipes irão se juntar aos times já em campo para atuar tanto no combate aos incêndios, quanto na autuação por queimadas ilegais.

Leia mais...

PGR pede que dinheiro resgatado na Lava Jato vá para Amazônia

Publicado em Segunda - 26 de Agosto de 2019 | por Por Felipe Pontes - Repórter da Agência Brasil Brasília

A PGR disse que os R$ 1,3 bilhão restantes do dinheiro pago pela Petrobras deve ser destinado à educação, conforme previsto anteriormente.

Leia mais...

Governador diz que queimadas em MT aumentaram por falta de chuva e irresponsabilidade de moradores

Publicado em Sexta - 23 de Agosto de 2019 | por G1 MT

Além disso, ele afirmou que as queimadas aumentaram, neste ano, devido ao longo período sem chuva, além da irresponsabilidade da população que está colocando fogo em lixos durante esse período de seca.

Leia mais...

Governo estuda enviar Exército para combater queimadas na Amazônia

Publicado em Sexta - 23 de Agosto de 2019 | por Por Andreia Verdélio - Repórter da Agência Brasil Brasília

De acordo com Bolsonaro, ontem (23) houve uma reunião para tratar do assunto. “O que tiver ao nosso alcance nós faremos. O problema é recurso”, ressaltou.

Leia mais...

Pesquisa avalia consequências das queimadas na Amazônia desde 1996

Publicado em Quinta - 22 de Agosto de 2019 | por Da Assessoria/Unemat

Os pesquisadores estudaram 30 florestas no sudeste da região e descobriram que mais de 60% das matas inundáveis sofreram queimadas com alto nível de danos entre 1996 e 2016, contra apenas 5,5% das de terra firme. A pesquisa, que teve a participação das universidades Inglesas de Leeds, Exeter e Imperial College, também registrou grande perda de estoques de carbono e biodiversidade.

Leia mais...

Coca-Cola lança garrafa amiga do meio ambiente

Publicado em Quarta - 21 de Agosto de 2019 | por Por Janaina Gahyva

Leia mais...